Alemã DEKRA investe 15 ME em centros de inspeção de veículos na região de Lisboa

Alemã DEKRA investe 15 ME em centros de inspeção de veículos na região de Lisboa
A DEKRA, que opera no setor de inspeção de veículos, vai investir 15 milhões de euros em Portugal na abertura de nove novos centros na Grande Lisboa, “uma oportunidade” que surge com o envelhecimento do parque automóvel nacional.
 
O administrador da DEKRA em Portugal, Sérgio Vitorino, explicou à agência Lusa que a abertura de novos centros de inspeção de veículos no país “é mais uma oportunidade do que uma ameaça”, num setor “muito competitivo e concentrado”, em que a crise levou a que o parque automóvel envelhecesse.
 
O parque automóvel em Portugal tem, em média, 11,5 anos, enquanto o parque circulante é composto, em média, por 6,5 milhões de automóveis, sendo que são realizadas cinco milhões de inspeções por ano e faturados pelos centros de inspeção de veículos 120 milhões de euros anualmente e no total do mercado.
 
“A crise nos últimos anos fez com que o parque automóvel envelhecesse, o que constitui uma oportunidade de negócio para os centros de inspeção de veículos e para a [multinacional alemã] DEKRA, pois trazemos serviços e temos ‘know-how’ [conhecimento], tecnologia e pessoal qualificado”, salientou o gestor à Lusa.
 
Até ao final deste ano, a multinacional alemã vai inaugurar em Portugal um centro de inspeção de veículos a cada dois meses, tendo hoje inaugurado o primeiro, em Mafra, esperando atingir em 2017 a capacidade para inspecionar 200.000 veículos, por ano, em Portugal.
 
"A inspeção de motos constitui também uma oportunidade para a expansão do negócio no país", sublinhou o responsável.
 
O investimento de 15 milhões de euros vai permitir abrir nove novas unidades localizadas em concelhos da Grande Lisboa, nomeadamente em Oeiras, Seixal, Amadora, Mem Martins, Moita e Barreiro.
 
Depois do mercado português estar fechado há 22 anos, em 2014 foram atribuídas novas licenças de exploração de centros de inspeção de veículos, o que permitirá até 2017 a passagem de 171 centros nacionais ativos para cerca de 230 unidades.
 
Até ao final de 2020, a DEKRA quer posicionar-se no ‘ranking’ das três maiores empresas de inspeção de veículos no mercado português, atingindo 1.000.000 inspeções nesse ano.
 
Presente em Portugal desde 1991, a DEKRA registou um crescimento médio anual de 35% da sua faturação nos últimos dez anos.
 
A compra da empresa AutoContact, em 2011, com um volume de negócios anual de quatro milhões de euros, foi decisiva para aplicar a estratégia de expansão do negócio.
 
Atualmente, a DEKRA tem 120 trabalhadores em Portugal, onde registou, em 2015, um volume de negócios de oito milhões de euros, e estima um crescimento de 22% em 2016.
 
Com a expansão desta e de outras atividades em Portugal, a DEKRA pretende criar 200 novos postos de trabalho até 2020, aumentando para 320 o número de colaboradores e para 20 milhões de euros de faturação.
 
Além da atividade de inspeção de automóveis, a DEKRA é especialista na prestação de serviços diversos, divididos por três áreas de negócio: ‘automotive’, industrial e recursos humanos.
 
As mesmas implicam a gestão de 37. 000 trabalhadores a nível mundial, os quais geram uma faturação anual de 2,7 mil milhões de euros (sem impostos).
 
O leque de serviços prestados pela DEKRA Automotive inclui, além da inspeção de veículos, testes de automóveis, regularização, peritagem e averiguação de sinistros, consultoria e formação na gestão de frotas, venda e pós-venda de automóveis.