Aeronave da Base Aérea de Sintra faz aterragem forçada em Monte Real

Aeronave da Base Aérea de Sintra faz aterragem forçada em Monte Real
Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa efetuou hoje uma aterragem forçada na zona de Monte Real, concelho de Leiria, mas os dois tripulantes não sofreram ferimentos, disse à Lusa o porta-voz da instituição.
 
“Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa EPSILON-TB30 efetuou uma aterragem forçada na área de Monte Real. Ambos os tripulantes não sofreram qualquer tipo de ferimentos”, afirmou o coronel Rui Roque, porta-voz da Força Aérea.
 
Segundo Rui Roque, “trata-se de uma aeronave de instrução que estava a efetuar um voo de instrução”, apontando, para já, a possibilidade de na origem da aterragem forçada estar uma “falha mecânica”, mas ressalvando que a Força Aérea está a investigar.
 
A aeronave está sediada na base aérea n.º 1, em Sintra.
 
O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria adiantou que o alerta para a ocorrência chegou às autoridades às 16:23, tendo acorrido ao local quatro viaturas, apoiados por sete operacionais, dos Bombeiros Municipais de Leiria e Voluntários de Leiria, e GNR.
 
À agência Lusa, o comandante operacional municipal de Leiria, Artur Figueiredo, explicou que a aeronave militar caiu num terreno agrícola, nos campos do Lis, junto ao açude da Carreira.
 
“Não há vítimas, os pilotos estão bem e a aeronave tem danos que não aparentam ser significativos”, declarou Artur Figueiredo.
 
Segundo o comandante, no local do acidente “está uma equipa da Força Aérea para peritagem” e estão a ser coordenados meios deste ramo das Forças Armadas e da Proteção Civil para ser retirada a aeronave do local.