ACP vai pôr crianças das escolas a aprender regras

ACP vai pôr crianças das escolas a aprender regras

O Automóvel Clube de Portugal (ACP) vai levar este ano letivo, às escolas de Lisboa e Porto, um projecto-piloto de educação rodoviária com o objectivo de sensibilizar os mais jovens e estimular comportamentos de segurança.

O Programa Nacional de Educação Rodoviária hoje apresentado destina-se a crianças entre os quatro e os sete anos. O projecto-piloto vai arrancar este ano lectivo em escolas públicas e privadas de Lisboa e Porto, envolvendo cerca de 50 mil alunos e três mil professores.

“Mais do que ensinar regras do Código da Estrada, aquilo que o ACP pretende é incutir regras de segurança rodoviária nos mais novos e que eles também sejam porta-vozes das boas práticas junto dos pais e amigos”, disse à agência Lusa o presidente do ACP, Carlos Barbosa.

O responsável adiantou que a iniciativa tem por objectivo “ensinar e incutir comportamentos de segurança aos mais jovens”, para que, quando chegarem à idade adulta, “não tenham os comportamentos que hoje em dia se vêem na estrada, que são perfeitamente inaceitáveis”.

Carlos Barbosa referiu igualmente que os dados da sinistralidade, em 2011, com crianças e jovens dos 0 aos 19 anos, são preocupantes e reveladores que urge inverter a situação e mudar comportamentos.

No ano passado, registaram-se nas estradas portuguesas 358 feridos ligeiros, 18 feridos graves e dois mortos por mês na faixa etária dos 0 aos 19 anos.

O presidente do ACP considerou também que faz “a maior falta”, nas escolas portuguesas, acções de educação rodoviária, tendo em conta que é “cada vez mais uma preocupação nacional, um custo nacional e uma desgraça nacional o número de pessoas que continua a morrer nas estradas portuguesas”.

O Programa Nacional de Educação Rodoviária (ACP Kids), desenvolvido pelo Automóvel Club de Portugal e que conta com a colaboração do Plano Nacional de Leitura e da Rede de Bibliotecas Escolares, vai contemplar múltiplas iniciativas e acções ao longo do ano lectivo.

Segundo o ACP, no âmbito deste programa extracurricular vão ser enviados materiais didácticos para as escolas e professores, para que possam realizar actividades na sala de aula com os alunos.

Entre o conjunto de materiais referentes à educação rodoviária encontram-se um DVD, com o vídeo lúdico-pedagógico ACP Kids, e um tabuleiro de palavras cruzadas.

Numa segunda fase, um grupo seleccionado de escolas irá receber a acção “para e olha – experimenta e aprende”, que permite aos alunos testarem, na prática, os comportamentos aprendidos através da criação de um ambiente rodoviário.

Carlos Barbosa adiantou ainda que a intenção é levar a todas as escolas do país este projecto.

Na apresentação do Programa Nacional de Educação Rodoviária vai estar presente o secretário de Estado da Administração Interna, Filipe Lobo D´Ávila.