46 artistas homenageiam Jorge Amado no Casino Estoril

46 artistas homenageiam Jorge Amado no Casino Estoril

Jorge Amado esteve muito ligado à Galeria de Arte do Casino Estoril, tendo sido figura central em dois grandes eventos culturais, um que decorreu no Casino Estoril, a Semana da Bahia, em Fevereiro de 1980, e uma Semana do Estoril/Portugal, realizada pelo Grupo Estoril Sol, em Salvador, Brasil, em Maio de 1981, eventos culturais, artísticos e gastronómicos, que integraram importantes exposições de Artes Plásticas. 

 
Jorge Amado lançou, igualmente, alguns dos seus livros nesta Galeria de Arte, como “Navegação de Cabotagem”, “Tocaia Grande”, “Sumiço da Santa” e “História da Descoberta da América pelos Turcos”. 
 
Foi com base nesta ligação de muitos anos à Galeria de Arte do Casino Estoril que a Direcção desta Galeria decidiu associar-se ao programa de manifestações culturais, que se promoveram no nosso País para celebrar o centenário do nascimento do autor de “Gabriela Cravo e Canela”, através da realização de uma exposição temática sobre o grande escritor e a sua obra, a qual foi inaugurada a 24 de Novembro e prolongar-se-á até 15 de Janeiro.
 
Como complemento desta exposição a Galeria de Arte do Casino Estoril irá organizar no próximo 12 de Janeiro, Sábado, a partir das 16 horas, um encontro designado “Encontro com Jorge Amado”, aberto ao público e com a presença dos artistas que participaram nesta exposição, num convívio interactivo, procedimento, que “mutatis mutandis” adoptaremos em futuras exposições.
 
Participam na presente exposição 46 artistas, que quando convidados a participar neste projecto, aderiram com entusiasmo à iniciativa, interpretando de forma muito feliz o tema que lhes foi proposto. Uns, como os pintores e escultores: Maria Flores, Renato Rodyner, Gustavo Fernandes, Marius Moraru e Vitor Novo escolheram como tema, a sensual e formosa Gabriela. Albino Moura optou pela Tieta do Agreste. Dona Flor com os seus Dois Maridos teve a preferência de Lima Carvalho, Cohen Fusé, Abílio Febra e João Sotero. A Glorinha de “Gabriela Cravo e Canela” teve a honra de ser retratada, como sempre à janela, pela grande Senhora da pintura, Armanda Passos. As baianas e as Mães de Santo foram as figuras que seduziram António Pedro, Ana Cristina Dias, Diogo Navarro e Paulo Ossião. Os Capitães da Areia foram magnificamente representados por Ophélia Marçal, Nélio Saltão e Jorge Pé-Curto. Moisés Preto Paulo marcou presença – e que presença! – com uma soberba escultura policromada, de mármore, ferro e vidro, representando Oxum, a deusa mãe, rainha das águas, dos mares, dos rios e da fecundidade. Por sua vez, Jorge Amado foi muito bem retratado por Ivald Granato e Damião Porto. Presentes, ainda, com obras de inegável valia artística, os professores da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, António Pedro, Lima Carvalho, Hugo Ferrão e Isabel Sabino.
 
Esta está a ser uma das exposições mais visitadas e apreciadas de sempre da Galeria de Arte do Casino Estoril. Ficará patente ao público todos os dias, das 15 às 24 horas, até 15 de Janeiro de 2013.