25 anos a salvar vidas em Cascais

25 anos a salvar vidas em Cascais
O Hospital de Cascais vai promover uma cerimónia para assinalar os 25 anos da VMER de Cascais (Viatura Médica de Emergência e Reanimação), no próximo dia 18 de abril, pelas 18 horas, no Centro Cultural de Cascais. Esta viatura de emergência foi a primeira em Portugal e serviu de exemplo para todo o país.
 
“As viaturas de emergência e reanimação são, sem dúvida, uma mais-valia para a população. Uma vez que a primeira abordagem terapêutica ao doente é feita por uma equipa médica, há mais hipóteses de que este seja estabilizado. O doente não só ganha tempo como qualidade no tratamento”, afirma Ana Galiano, Coordenadora do Serviço de Urgência do Hospital de Cascais, no qual a VMER está integrada.
 
“Em 1991 a Câmara de Cascais sentiu necessidade de ter um médico presente nas situações de acidente, sobretudo na zona da estrada marginal, e foi assim que nasceu este projeto, em parceria com o Hospital de Cascais. As primeiras equipas eram compostas por um médico e por um tripulante. Nove anos depois os tripulantes começaram a ser substituídos por enfermeiros e o INEM passou a gerir todas estas viaturas que, entretanto, se espalharam pelo país”, explica José Friães, enfermeiro coordenador do Serviço de Urgência do Hospital de Cascais.
 
“O Hospital de Cascais foi o primeiro do país a ter uma VMER e as vantagens desta ligação ao hospital são óbvias: existe uma clara ligação e proximidade entre quem opera a VMER e quem dá assistência à área de influência da unidade hospitalar. Há uma proximidade com a população que servimos”, detalha Vasco Antunes Pereira, Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Cascais.
 
A VMER é um veículo que se destina ao transporte rápido de um médico e um enfermeiro ao local onde se encontra o doente. Está equipada com Suporte Avançado de Vida e tem como função estabilizar as vítimas de acidente ou doença súbita, e acompanhar o seu transporte ao hospital.
 
Sobre o Hospital de Cascais:
O Hospital de Cascais é acreditado pela Joint Commission International, pela segurança e qualidade na prestação de cuidados de saúde. Foi a primeira unidade de saúde distinguida com uma certificação ambiental em Portugal. O Hospital de Cascais é gerido em parceria público-privada pela Lusíadas Saúde - uma marca que abrange Hospitais e Clínicas de norte a sul do país.