A arte do improviso sobe ao palco em Sintra de quinta-feira a domingo

A arte do improviso sobe ao palco em Sintra de quinta-feira a domingo
O Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, vai receber, a partir de quinta-feira e até domingo, o Espontâneo, festival de teatro de improviso, que reúne cada vez mais curiosos, de acordo com a organização.
 
Ao longo de quatro dias, o festival vai reunir em Sintra "atores de todo o mundo, consagrados na arte do improviso", segundo a apresentação do encontro.
 
Aos Instantâneos, que organizam o festival, juntam-se em palco Os Improváveis (Portugal), Patti Stilles (Austrália), Jill Bernard (EUA), Inbal Lori (Israel), Tim Orr (EUA), Sérgio Paris (Perú) e Feña Ortalli (Argentina), para criarem "alguns dos espetáculos mais surpreendentes do universo da improvisação teatral".
 
"Tudo pode começar com uma imagem, uma data de nascimento ou uma simples palavra. A partir daqui, as histórias sucedem-se até onde a imaginação as levar. A maioria das 'performances' são improvisações em que todos os artistas participam", descreve a organização.
 
Além disso, haverá um espetáculo a solo, outro em dupla, uma competição, vários 'workshops' e uma 'masterclass', ao longo dos quatro dias do encontro.
 
A 5.ª edição do Espontâneo apresenta "um dos melhores cartazes de sempre", aponta a organização, esclarecendo que todos os espetáculos serão falados em inglês. Os bilhetes custam entre 5 e 25 euros.
 
Projetar as companhias nacionais e dar oportunidade às internacionais para virem a Portugal mostrar o seu trabalho é então o principal objetivo do evento.