'Cascais Classic Motorshow' evoca a paixão pelos carros clássicos

'Cascais Classic Motorshow' evoca a paixão pelos carros clássicos

Entre 30 de agosto e 1 de setembro, Cascais torna-se um museu aberto a todos os amantes dos automóveis clássicos. Assinalando os 50 anos do Circuito de Cascais, a primeira edição do Cascais Classic Motorshow recria o circuito que se realizou entre 1963 e 1966 no antigo traçado junto à Boca do Inferno, agora numa versão de regularidade, ao mesmo tempo que traz ao concelho uma exposição de carros antigos. Destaque ainda para a recuperação do Concurso de Elegância, competição única no seu género a nível nacional e onde marcará presença o presidente da Fédération Internationale des Véhicules Anciens (FIVA), Horst Brüning. A visita ao Cascais Classic Motorshow é aberta ao público.

Promovido pela Câmara Municipal de Cascais, com o apoio do Automóvel Club de Portugal/ACP e do Turismo de Portugal, o evento visa oferecer aos visitantes uma visão abrangente da história do automóvel e da sua relação com o nosso concelho, nomeadamente na vertente desportiva. Assim, o evento trará à Baía as exposições temáticas “Circuito de Cascais”, que contará a história dessa prova através da presença de carros que nela participaram, como o Ferrari 250 GT, o Lotus Elan e o Austin Cooper S, e “Os carros do século XX”, uma mostra de automóveis clássicos que recria a evolução automóvel. A exibição incluirá ainda veículos militares e viaturas de bombeiros antigas, bem como motas que marcaram o século passado.

No sábado, 31 de agosto, a partir das 10h00, o Hipódromo Municipal Manuel Possolo recebe um Concurso de Elegância inspirado nos eventos deste género que se realizaram nos Jardins do Casino Estoril entre os anos 50 e 70. A competição decorre até domingo, 1 de setembro, e nela participarão mais de 40 automóveis clássicos, que serão avaliados em função da sua apresentação, conservação ou restauro, estética e interesse histórico. O júri será presidido por Horst Brüning, presidente da FIVA, entidade máxima de referência internacional na área dos carros antigos. Este concurso incluirá ainda o Prémio Manuel Lucena, em homenagem ao promotor dos Concursos de Elegância da década de 90 - que também se realizaram no Estoril. A distinção será atribuída ao carro mais votado pelos visitantes, que poderão eleger o seu automóvel preferido através de voto em urna.

No mesmo dia, às 16h00, será recriado o Circuito de Cascais, na qual participará um dos condutores que realizou a prova há 50 anos, António Peixinho, bem como alguns dos automóveis e motas que fizeram o trajeto. Com partida e chegada junto à Boca do Inferno, os veículos descerão a Av. Rei Humberto II de Itália, passando em frente ao Centro Cultural de Cascais e ao Parque Marechal Carmona e subindo a Av. da República.

Já no domingo, 1 de setembro, o destaque vai para o desfile de carros clássicos que percorrerá a Avenida Marginal entre Cascais e Carcavelos, com partida às 11h30 da Cidadela de Cascais. Às 16h00 serão entregues os prémios do Concurso de Elegância.

O Cascais Classic Motorshow promete animação para todas as idades: na Baía de Cascais haverá diversas atividades para crianças durante o dia, e a noite de sábado será dedicada aos êxitos musicais dos anos 50, 60 e 70, com um concerto assegurado pelo grupo Rockfella’s. A participação em todas as iniciativas - à exceção da prova de regularidade e do Concurso de Elegância - é aberta ao público.

De notar que, por motivos de segurança, quer dos participantes, quer para a assistência, alguns percursos serão vedados ao trânsito regular durante estes dias.

As artérias no perímetro desta prova de regularidade estarão completamente fechadas. No entanto serão asseguradas janelas para circulação (a cada 20 minutos) o que é possível tendo em conta o perfil da prova. Estas janelas para circulação permitirão, após cada série, serem abertas temporariamente as vias para escoar automóveis não participantes que queiram sair da zona da prova. A abertura destes períodos será assinalada com a passagem de um “carro 0”, que voltará a circular para assinalar o retomar da prova e a efetividade do corte de trânsito.

1 de setembro | 11h00 às 13h00 – Desfile de clássicos na Av. Marginal - Corte de trânsito entre o Centro Cultural de Cascais até à Av. Marginal e em toda a Av. Marginal entre Cascais e Carcavelos

Dia 1 de Setembro, domingo, terá lugar um Desfile de Clássicos entre Cascais e Carcavelos, com partida junto à Cidadela de Cascais e percurso pela Avenida Marginal. Assim, deve contar com o corte de trânsito entre as 11h00 e as 13h00, a partir de Cascais, na Rotunda João Paulo II (Centro Cultural de Cascais) até à Avenida Marginal e daí até Carcavelos (ida e volta).

Durante este período, o acesso ao Parque da Marina faz-se pela rotunda João Paulo II.

Sobre o Circuito de Cascais | O Circuito de Cascais foi uma prova nacional de condutores que se realizou pela primeira vez em julho de 1963, organizada pelo Automóvel Club de Portugal. O circuito de velocidade viria a repetir-se consecutivamente até 1966. Com a vinda da Fórmula 3, em 1965 e 1966, Cascais tornou-se palco da disputa entre pilotos nacionais e internacionais, revelando-se este circuito como uma das provas mais importante do campeonato nacional, com relevância internacional. Nesses anos, correram em Cascais os melhores pilotos da época - António Peixinho, Baptista dos Santos, Manuel Lopes Gião, Luís Fernandes, Carlos Santos, José Albuquerque, Augusto Palma, Carlos Duarte Ferreira e Teresa Lopes Alves – e os carros mais emblemáticos de então - Ferrari 250 GT, Austin Cooper S, Porshe 356, Lotus Elan, Cortina Lotus e Jaguar E.